18 de abril de 2010

Star Trek: Enterprise (2001–2005)



Star Trek: Enterprise (nas primeiras temporadas apenas denominada Enterprise) é um prelúdio das restantes séries Star Trek. O episódio piloto, intitulado Broken Bow, ocorre dez anos antes da fundação da Federação dos Planetas Unidos, entre os eventos mostrados no filme Star Trek: First Contact e a série original Star Trek. Esta série narra a exploração do espaço por uma tripulação que é capaz de ir mais longe e mais rápido que qualquer ser humano anteriormente. Apresenta situações que não são inteiramente desconhecidas dos fãs de Star Trek, permitindo, no entanto, que os seus personagens lidem com as mesmas sem a experiência e as regras construídas nos anos seguintes da história Trek.

Retornando ao espírito de exploração da série original, a tripulação da primeira nave Enterprise, comandada pelo impulsivo Jonathan Archer, enfrenta pela primeira vez espécies como borgs, romulanos, klingons e ferenguis, já conhecidos nas séries anteriores, com a diferença de que os humanos ainda são uma espécie desconhecida e de tecnologia inferior à das espécies belicosas da galáxia.

A série, como um prelúdio, mostra ainda os vulcanos como uma espécie militarmente agressiva e os fatos que os levaram à postura quase monástica descrita na série original, além da criação da Federação dos Planetas Unidos e o início da liderança diplomática da Terra na galáxia. Ela também nos mostra mais detalhes do Estado Planetárioida formado pelas nações sobreviventes aos horrores da (fictícia) Terceira Guerra Mundial; A Terra Unida.

Após ser exibida por quatro temporadas, a série foi cancelada pela rede UPN em 2 de Fevereiro de 2005, com seu episódio final sendo transmitido nos EUA em 13 de Maio.

A série é actualmente exibida em Portugal pelo canalMOV, daZON TV Cabo. Nunca foi transmitida em canal aberto.

No Brasil, a série foi transmitida pelo canal pago AXN.  As quatro temporadas foram lançadas em DVD região 4 no Brasil e com som 5.1 (Dolby Digital), porém sem a banda com dublagem. Porém, a versão remasterizada, lançada a partir de 2009, veio com a dublagem em português (2.0 dolby), além de um ótimo tratamento digital que realçou bastante os planos cênicos originais.