7 de junho de 2011

Andorianos

  

Os Andorianos são uns dos quatro membros fundadores da Federação, e como tal algumas regalias dentro do Conselho da Federação, como possuírem cadeiras permanentes em alguns conselhos, como o Conselho de Segurança e o Conselho de Comércio.

Os andorianos são uma raça com características mamíferas e insetóides, de pele azul e antenas sob a cabeça, de pêlos brancos. Como são belicosos, formam um dos braços armados da Federação, os Fuzileiros Estelares, que tem em Andor, a sua Academia.

É uma espécie humanóide, com estatura média em adultos de 1,80 m. .Possui características mamíferas e insetóides. A conformação óssea possui esqueleto interno que sustenta a musculatura do corpo, como as dos humanos do planeta Terra, entretanto, seu esqueleto é limitado, que adiciona força e proteção ao tronco e membros.

A retina andoriana é muito sensível e não é capaz de captar cores (apenas escalas de cinzas, luz e sombra). As imagens e cores são transmitidas ao cérebro através de um par de antenas, que possuem duas funções distintas: visão quadroscópica e audição. No que se refere ainda a visão, os Andorianos possuem ainda que de forma limitada à capacidade de enxergarem em infravermelho.

Sua capacidade de audição é maior do que a da maioria das espécies humanóides, graças às suas antenas unidirecionais, consideradas extremamente sensíveis ao toque em razão da intricadas ramificações de nervos sensoriais. Todo andoriano é ambidestro. A maior parte da população possui cabelos brancos, apenas 15% possui cabelos negros.

A pele andoriana é de cor azul, uma vez que sua melanina é composta por altos níveis de cobalto. Devido à atmosfera rarefeita e a baixa gravidade, a raça Andoriana detém força igual ou superior a dos Vulcanos, entretanto, ao contrário destes, são violentos e seu constante silêncio é apenas uma forma de dissimular sua natureza belicosa e arredia. A vida média de um andoriano gira em torno de 130 anos (cerca de 180 anos na escala dos humanos do planeta terra).

A temperatura do corpo de um andoriano é de 29° Celsius na média e, se sentem bastante à vontade em ambientes onde a temperatura gire em torno dos 17º Celsius. Por esta razão suas habitações são construídas no subsolo do seu planeta natal, onde a temperatura é menor.

O processo de fecundação, gestação da fêmea andoriana é de 11 meses. Após este período, a fêmea leva de 1 a 2 meses para dar a luz. O período em questão, é acompanhado com extremo zelo, os recém-nascidos são deixados cerca de 5 semanas em encubadeiras que monitoram todos órgãos vitais.