2 de junho de 2011

Vulcanos



Os Vulcanos são uns dos quatro membros fundadores da Federação, e como tal algumas regalias dentro do Conselho da Federação, como possuírem cadeiras permanentes em alguns conselhos, como o Conselho de Segurança e o Conselho de Comércio.

Os vulcanos são mamíferos, bípedes e humanóides. Desde tenra idade são iniciados na Filosofia da Lógica (Escola Lógica de Surak). Com a mente treinada, os vulcanos desenvolveram capacidades telepáticas refinadas, usadas em vários aspectos de sua vida.

A espécie Vulcanóide compõem quase um terço da população da Federação. Embora a expressão "vulcanóide" possa ter significados diferentes, a definição pela Federação é "um ser semelhante em forma física e química a uma forma de vida humanóide, dominante no planeta Vulcano e em suas colônias" Os Romulanos são de fato descendentes dos vulcanos emigrantes, assim para todos os propósitos, uma descrição da fisiologia vulcana se ajustará a fisiologia Romulana.

O Vulcanos de T'Khasi geralmente são pessoas altas e magras. Os Machos adultos tem em média 1,80/2,00 metros de altura, as fêmeas 1,70/1,80 metros. O Peso é compatível com a altura, embora os Vulcanos pesem ligeiramente mais que o esperado devido a densidade do tecido. Esta densidade dos músculo e os tecidos anexos a estrutura de esqueleto confere aos Vulcanos mais força e agilidade do que a maioria dos humanóides. Os Vulcanos exibem uma habilidade natural para muitos eventos atléticos e artes marciais.

A bioquímica dos Vulcanos é bem semelhante a de muitos humanóides. Ao nível do núcleo das células, o DNA e as estruturas dos cromossomos se assemelham a maioria das raças, dando um forte apoio à teoria que vida ao longo da Galáxia teve uma fonte comum bilhões de anos atrás. O planeta T'Khasi é considerado a fonte evolutiva e genética para todo os vulcanóides conhecidos. O sangue dos vulcanos é composto de hemoglobina baseada em cobre. Isto lhe confere a cor verde que também tinge os tecidos dos Vulcanos As células do sangue vulcano têm uma forma dobrar-convexa que além de ajudar maximizar oxigenação, também ajuda esfriando o próprio sangue, e no final das contas o corpo inteiro.

Cada olho é protegido por uma pálpebra interna clara ou membrana de "Nictating" (t'bezhun de tvi-wein) atuando como filtro para radiações prejudiciais, calor e poeira. A visão vulcana é menos aguçada em luz luminosa, enquanto sua visão noturna é mais aguda.

As orelhas dos vulcanos são sua marca registrada a estrutura da orelha externa converge para um ponto claramente definido no topo. A audição dos vulcanos é muito superior nas maiorias das condições e situações.

Como é o caso com a maioria das espécies, os vulcanos têm um senso muito agudo de toque em todas suas formas, especialmente calor, pressão e textura. Vulcanos são por natureza os seres táteis mas devem, por necessidade, limitar o contato com seres vivos por causa das habilidades telepáticas inatas. Até mesmo os maridos e esposas freqüentemente só tocam um ao outro com um ou dois dedos no máximo em situações cotidianas, enquanto abraçar ou beijar são desconhecidos pelo comportamento civilizado vulcano.

Um vulcano normal tem o cérebro praticamente idêntico ao de humanos. Apenas o meio-cérebro vulcano é um pouco maior e mais enrolado que em um humano, isso explica os poderes telepáticos que todos os vulcanos possuem a um grau ou outro.

o coração vulcano fica aproximadamente situado onde a pessoa esperaria achar o fígado na maioria do humanóides. Acredita-se que o coração vulcano foi deslocado para permitir espaço adicional para os pulmões que, por necessidade, é um pouco maior para extrair oxigênio suficiente de uma atmosfera fraca. Em um adulto vulcano a taxa de batimentos cardíacos é aproximadamente 240 batidas por minuto e pressão sanguínea normal é 80/40.

Fonte : USS Venture